Chico Trambulhas e o dia dos namorados.

“Até o homem que não crê em nada, precisa de uma namorada que creia nele.” (Eugen Rosentock-Huessey)

O CHICO Trambulhas, nunca foi conhecido pela sua sofisticação, ou romantismo. Bem pelo contrário, sempre que queria ser romântico, tornava-se ridículo, e sempre que queria parecer sofisticado, só conseguia parecer mais bronco, e parolo. Diz-se, que no seu tempo de surfista, só conseguia ter alguma elegância em cima de uma prancha, e mesmo assim, só quando estava grosso, porque sóbrio, eram só trambolhões. Contam-se muitas historias das sua gafes com as mulheres, esta é uma delas, posta a circular pela própria namorada que viveu a historia.
Há uns anos atrás, no dia dos namorados, a namorada do Chico, resolveu fazer-lhe uma surpresa, e em vez de irem jantar fora a um restaurante todo sofisticado, ela encomendou um belo leitão, assado num forno de lenha, serviu-o, e sentou-se em frente ao Chico para comerem o leitão.
– È uma pena – disse então o Chico – sermos tão numerosos.
– Numerosos? – Perguntou a namorada do Chico. – Que queres dizer com isso?
– Preferia que fosse só eu e o leitão.
Boas ondas.

 

image

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s