Oração do bêbado.

“Nunca devemos lamentar que um poeta seja um bêbado, devemos lamentar que nem todos os bêbados sejam poetas.” (Oscar Wilde)

O Alfredo não sabe quem é que escreveu aquilo, só sabe que encontrou aquele pedaço de papel num canto do bar, mesmo assim, resolveu mandar encaixilhar e colocar por cima do balcão, num lugar de destaque onde toda a gente pudesse ler. É uma espécie de oração do bêbado e reza assim:
– Oração do Bebum –
Whisky e Vodka que estão no bar
Alcoolatrado seja o nosso fígado
Venha a nós o copo cheio nunca pelo meio
Seja feita a nossa carraspana
Assim no bar como na cabana
O tinto nosso de cada dia nos dai hoje
Perdoai as nossas bebedeiras
Assim como nós perdoamos
A quem não tenha bebido
Não nos deixai cair na Coca Diet
E livrai-nos da água gasosa
Barmem…
Boas ondas.

image

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s