Sorte ao jogo.

“Há duas ocasiões em que o homem não deve jogar: quando não tem dinheiro e quando tem. ” (Samuel Langhorne Clemens)

O Pompeu estava no bar do Alfredo a contar a história do Tó Cavalo quando foi pela primeira vez a um casino. Como toda a gente sabe o Tó, é o Totó oficial da cidade. Contava o Pompeu:
– Ò pá, a malta entrou no casino e o Tó ficou para trás, no hall da entrada. Resolvi ir ver o que se passava, e lá estava ele em frente a uma máquina de bebidas. Metia uma moeda de um euro e saía uma lata. Metia outra e saía outra lata, e assim sucessivamente…fiquei intrigado com aquela merda e perguntei-lhe:
– Desculpa lá Tó, mas vais beber essas bebidas todas?
– Foda-se Pompeu… Não me interrompas que estou a ganhar!
Boas ondas.

image

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s