Ladrões com estilo.

“Os ladrões exigem a bolsa ou a vida. As mulheres exigem ambos.” (Samuel Butler)

A Ana Marmelos estava, como de costume, no “Tô Nem Aí” a beber umas caipirinhas, e á conversa com uma jornalista brasileira, a J. Prado. A conversa derivou para a questão de segurança e dos assaltos, e a colega brasileira resolveu explicar o fenómeno em forma de anedota. Segundo ela, o estilo do assaltante, e por conseguinte, o do assalto, varia conforme as regiões do país. Eis um pequeno exemplo:
Assaltante carioca:
– Aí perdeu, mermão. Seguiiiinnte, bicho. Tu tá ferrado. Isso é um assalto, sacô? Passa a grana e levanta os braço, rapá. Não fica de caô que eu te passo o cerol, cara. Vai andando, e se olhar pra trás vira presunto.
Assaltante baiano:
– Ô meu rei… (pausa) Isso é um assalto… (longa pausa) Se num quiser, nem precisa levantar, pra num ficar cansado. Vai passando a grana, bem devagarinho. (pausa pra pausa) Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado. Não esquenta, meu irmãozinho. (pausa) Vou deixar teus documentos na encruzilhada.
Assaltante de Brasília:
– Querido povo brasileiro, estou aqui no horário nobre da TV para dizer que no final do mês aumentaremos as seguintes tarifas: Energia, água, esgoto, gás, passagem de ônibus, imposto de renda, licenciamento de veículos, seguro obrigatório, gasolina, álcool, IPTU. O resto ficará para o mês seguinte.
O BRASIL É UM ESPECTÁCULO!
Boas ondas.

image

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s